Voltar
Publicado em: 28/04/2017 às 11:00

#FapesbIndica 9 livros imperdíveis sobre ciência e tecnologia

Por: Ascom/Fapesb

 


1. Uma Breve História do Tempo, de Stephen Hawking

Marco definitivo da literatura de divulgação científica, “Uma breve história do tempo” talvez seja a obra mais importante de Stephen Hawking. Uma das mentes mais geniais do mundo moderno guia o leitor na busca por respostas a algumas das maiores dúvidas da humanidade: Qual a origem do universo? Ele é infinito? E o tempo? Sempre existiu, ou houve um começo e haverá um fim? Existem outras dimensões além das três espaciais? E o que vai acontecer quando tudo terminar?


2. Cosmos, de Carl Sagan

Sagan revela um mundo azul semelhante a uma jóia, habitado por uma forma de vida que está apenas começando a descobrir sua própria identidade e a se aventurar no vasto oceano do espaço. Com prefácio do astrofísico Neil deGrasse Tyson, “Cosmos” refaz os catorze bilhões de anos de evolução cósmica que transformaram a matéria em consciência, explorando tópicos como a origem da vida, o cérebro humano, os hieróglifos egípcios, as missões espaciais, a morte do Sol, a evolução das galáxias e as forças e indivíduos que ajudaram a moldar a ciência moderna.


3. A Física do Futuro, de Michio Kaku

Um dos principais autores de divulgação científica atualmente, o físico Michio Kaku prevê o progresso científico da humani- dade até 2100. Sustentado por entrevistas com os mais importantes cientistas do mundo, o livro derruba os mitos e confirma as previsões futurísticas que têm chances de se tornarem reais. Além de revelar o que o futuro nos reserva nessas áreas, Kaku tece uma importante reflexão sobre as perdas e ganhos dessa aventura.


4. As sete maiores descobertas científicas da História, de David e Arnold Brody

Este livro é a aula de ciências que todos gostariam de ter tido na escola. As revolucionárias leis de Newton, a estrutura do átomo, o princípio da relatividade, a evolução das espécies, os mistérios do Big-Bang e da formação do universo, a molécula do dna e a linguagem da genética — aqui estão as mais extraordinárias descobertas da ciência moderna explicadas para quem já se cansou de ouvir falar nelas, mas nunca as entendeu por completo.


5. Incógnito – as vidas secretas do cérebro, de David Eagleman

Um dos cientistas mais respeitados da atualidade, o norte-americano David Eagleman é também um autor em ascensão na neurociência. Incógnito – as vidas secretas do cérebro traz exemplos retirados do cotidiano, das artes, da história e da literatura para apresentar os subterrâneos da mente e suas intrigantes contradições.


6. A Informação, de James Gleick

O que é a informação? Nesta obra, o jornalista James Gleick traça uma ampla história desse fenômeno, com seus infinitos desdobramentos e peculiaridades. Partindo da comunicação por tambores na África, ele passa pela criação dos alfabetos e dos dicionários, por invenções como o telégrafo e o telefone e pelos primeiros computadores, até desembocar na chamada Teoria da Informação e em estudos recentes de genética e na já onipresente Wikipedia.


7. 64 dicas para encarar o futuro, de Ben Hammersley

O livro 64 Coisas que você deve saber: Como enfrentar o futuro digital sem medo, do jornalista britânico Ben Hammersley, trata do impacto da evolução tecnológica na política, sociedade, nos negócios e na vida pessoal de cada um. Mas logo de cara ele já avisa os perigos da futurologia: “escrever um livro sobre o futuro é, em muitos aspectos, fútil. Não há a menor chance de construir uma narrativa que vá se tornar verdadeira”.


8. Criação Imperfeita, de Marcelo Gleiser

Gleiser, um dos grandes cientistas da atualidade, desmonta o maior mito da ciência e da filosofia ocidentais: o de que a Natureza é regida pela perfeição. O físico brasileiro radicado nos EUA também contesta o discurso dos ateístas radicais, como Richard Dawkins, mostrando que a ciência não prova a inexistência de Deus.


9. A Origem das Espécies, de Charles Darwin

Ainda considerado como um dos mais inovadores e desafiantes tratados biológicos já escritos, A origem das Espécies, com sua abordagem sobre os processos evolutivos, chocou grande parte do mundo ocidental, quando foi lançando em 1859. Apesar das acirradas polêmicas, as teses do evolucionismo permanecem até hoje, e o nome de Darwin ficou gravado na história.

Facebook
Twitter
Voltar