Voltar
  • LANÇAMENTO:

PROGRAMA DE POPULARIZAÇÃO DAS CIÊNCIAS – POPCIÊNCIAS – LINHA DE FOMENTO – OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS

Apresentação

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia - FAPESB, no uso das suas atribuições torna pública a presente linha de fomento e convida interessados a apresentarem propostas para a realização de OLIMPÍADAS nas áreas de: Matemática, Física, Química e Biologia. Esta linha de fomento submete-se, no que couber, aos dispositivos da Lei Federal no 8.666/93, da Lei Estadual no 9.433/05, do Decreto Estadual no 9.266/04, demais dispositivos legais e regulamentares vigentes, e ainda em consonância com as orientações registradas no Manual do Pesquisador, disponibilizado no Portal desta Fundação.

1 – OBJETIVO:

Com o objetivo de oportunizar a aproximação entre os estudantes do Ensino Básico das escolas públicas e professores da área de Ciência, Tecnologia e Inovação, a FAPESB, através do seu PROGRAMA POPCIÊNCIAS, institui a Linha de fomento – OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS. A iniciativa busca promover a Popularização das Ciências no estado da Bahia, por meio do apoio financeiro, de até R$ 20 mil (somente despesas correntes), para a execução de OLIMPÍADAS nas áreas de: Matemática, Física, Química e Biologia.

A Fapesb acredita que as Olimpíadas de Ciências das escolas públicas contribuem para a democratização do conhecimento científico e para a descoberta e incentivo de novos talentos. O caráter competitivo do evento estimula a inventividade dos alunos e professores, além de possibilitar a avaliação do processo de aprendizagem dos estudantes. As olimpíadas proporcionam, ainda, o trabalho em equipe, reforçam o hábito de estudo, o despertar de vocações científicas e ampliam a cooperação entre estudantes e professores.

A Linha de fomento – OLIMPÍADAS DE CIÊNCIAS consolida a tradição da política de apoio da Fundação à eventos dessa natureza e tem como principais metas:

I – estimular o ensino, o estudo e a pesquisa no campo da Ciência, Tecnologia e Inovação.

II – incentivar o entrosamento e a troca de conhecimento entre as Universidades e as escolas públicas.

III - descobrir e estimular jovens talentos na área de Ciência, Tecnologia e Inovação.

IV – melhorar a qualidade do ensino/aprendizagem das disciplinas de Matemática, Física, Química e Biologia nas escolas públicas do Estado da Bahia.

  1. ELEGIBILIDADE:

Os pesquisadores/professores vinculados a Instituição de Ensino Superior, Instituto de Ciência e Tecnologia, Escola Pública da Rede Municipal de Ensino ou Escola Pública da Rede Estadual de Ensino interessados em realizar OLIMPÍADAS nas áreas de Matemática, Física, Química e Biologia deverão preencher o formulário específico para esta modalidade de apoio, através do link http://siga.fapesb.ba.gov.br/popciencias2017_fc/login.wsp . O referido formulário, quando finalizado, deverá ser entregue na Central de Atendimento ao Público – CAP, da FAPESB devidamente datado e assinado, obedecendo ao prazo mínimo de 60 (sessenta) dias de antecedência ao início da Olimpíada.

  1. PRAZOS:

Prazo mínimo para entrega do Formulário preenchido, datado e assinado na Central de Atendimento da FAPESB - até 60 (sessenta) dias de antecedência ao início da Olimpíada.

  1. RECURSOS FINANCEIROS

Serão alocados para esta Linha de fomento recursos financeiros não-reembolsáveis no valor total de até R$ 80.000,00 (oitenta mil reais), provenientes da FAPESB, através do Programa 201 – Ciência, Tecnologia e Inovação para o Desenvolvimento; Unidade Gestora – 28.201; Ação 5682 – Apoio à Disseminação do Conhecimento em Ciência, Tecnologia e Inovação; Fonte 100; Despesas - Correntes, alocados no orçamento para os exercícios de 2017/2018.

Poderão ser submetidas propostas até o valor máximo de R$ 20.000,00 (vinte mil reais).

  1. AVALIAÇÃO DAS PROPOSTAS:

A avaliação das propostas incluirá as seguintes etapas:

Etapa I – Enquadramento:

Etapa realizada pela equipe técnica da Diretoria Científica da Fundação, consistirá na análise das propostas apresentadas quanto ao atendimento dos seguintes itens:

  • caracterização do Evento como Olimpíada de Ciências;
  • proposta voltada para uma das áreas do conhecimento contempladas por esta Linha de Fomento (Matemática, Química, Física e Biologia);
  • atendimento ao prazo para encaminhamento da proposta (antecedência mínima de 60 dias da data de realização da Olimpíada).

Etapa II – Análise e Classificação por um Comitê Julgador

Nesta Etapa, as propostas serão avaliadas, quanto ao mérito e relevância, por um Comitê Julgador, constituído por pesquisadores expertos na área de Popularização das Ciências, que considerará os itens abaixo indicados.

  • Objetivo voltado para o fortalecimento dos ensinos fundamental e médio no Estado da Bahia.
  • Potencial do evento em popularizar a ciência, tecnologia e inovação.
  • Porte e Abrangência do evento.
  • Consolidação do evento, comprovada através do número de edições realizadas.
  • Perfil do público alvo (alunos do Ensino Básico de escolas públicas do estado da Bahia).
  • Coerência do orçamento proposto com os objetivos do evento.
  • Perfil da Instituição executora.
  • Qualificação do proponente, analisada com base nas informações contidas no currículo Lattes e na sua experiência com o objeto desta Linha de fomento.
  • Qualificação e adequação da equipe executora, analisada com base nas informações contidas nos currículos Lattes de seus integrantes e na expertise dos mesmos com o objeto desta Linha de fomento.
  • Contrapartida oferecida pela instituição executora.
  • Recursos concedidos por outras fontes de financiamento.
  • Adequação da proposta à realidade local.
  • Produtos oriundos do evento (publicações, CD-Room, registros eletrônicos etc).

As análises serão feitas a partir dos currículos Lattes anexados às propostas, não sendo possível atualizá-los posteriormente à sua submissão.

O Comitê Julgador será instituído pela Diretoria Científica da FAPESB com a finalidade exclusiva de avaliar as propostas encaminhadas para esta Linha de Fomento do Programa POPCIÊNCIAS. O Comitê Julgador deverá ter no mínimo 03 (três) integrantes, pertencentes aos quadros de instituições de ensino superior e pesquisa.

Somente serão classificadas as propostas que obtiverem pontuação igual ou superior a 7,0 (sete).

Etapa III – Análise pela Diretoria Científica e homologação pela Diretoria Geral

A Etapa Final dos procedimentos de avaliação consistirá no encaminhamento das propostas recomendadas pelo Comitê Julgador para análise pela Diretoria Científica e posterior homologação pela Diretoria Geral da Fundação, que honrarão a decisão do Comitê, desde que observados os aspectos legais.

A Diretoria Científica da FAPESB fará, nos projetos a serem beneficiados, análise do orçamento proposto e, caso necessário, realizará cortes nos mesmos, baseando-se nas recomendações do Comitê Julgador e nos preços praticados no mercado.

O projeto aprovado, independente do seu mérito, não poderá ser beneficiado, caso o seu coordenador esteja inadimplente com a FAPESB ou com o Estado da Bahia.

O prazo limite para regularização da inadimplência será de 30 (trinta) dias corridos a partir da data de divulgação dos resultados. Caso a situação de inadimplência não seja resolvida dentro do prazo estabelecido, o pesquisador perderá, automaticamente, o direito ao benefício. A definição do limite orçamentário-financeiro de fomento será estabelecido pela Diretoria Geral da Fundação.

Voltar