Voltar
Publicado em: 09/02/2017 às 16:46

Cartão BB pesquisa é implantado em edital da Fapesb

Por: Ascom/Fapesb

Pesquisadores e equipe técnica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb) se reuniram nesta quinta-feira (9) para esclarecimento de dúvidas e assinatura do formulário de cadastro de portador para o cartão BB Pesquisa. Inédito na Bahia, o cartão possibilita que pesquisadores com propostas e projetos aprovados por meio de editais tenham acesso aos recursos de maneira menos burocrática.

O cartão permite efetuar as despesas do projeto com maior agilidade e obter um controle mais eficiente das transações realizadas, facilitando a elaboração da sua prestação de contas ao final da vigência do projeto. O cartão ainda oferece isenção de taxas bancárias para os pesquisadores, limites diários e mensais de gastos mais flexíveis, opções de faturamento, controle de gastos mais eficiente, demonstrativos mensais online, dentre outros benefícios. O objetivo é facilitar e desburocratizar a execução financeira da verba destinada ao desenvolvimento de pesquisas no país.

“O cartão é muito semelhante ao cartão coorporativo. Liberamos um limite para cada portador e os pesquisadores vão fazendo os gastos a partir daquele limite que foi liberado, que é adequado ao valor aprovado no projeto que foi contratado através do termo de outorga”, afirma Renata Andrade, coordenadora Administrativa Financeira da Fapesb.

A nova ferramenta diminui a burocracia e facilita o acesso aos recursos. Com o BB Pesquisa, os pesquisadores não precisam mais abrir uma conta específica, em nome de pessoa física. A Fapesb passará a ter uma conta única junto ao Banco do Brasil e cadastrará um centro de custos para cada edital, a partir do qual serão repassados os recursos para cada portador.

Ainda em fase de testes, o projeto inicialmente funcionará apenas para o edital de Apoio à Organização de Eventos Científicos e Tecnológicos, para eventos que acontecem de abril a junho de 2017. O intuito é que todos os pesquisadores aprovados nos próximos editais lançados pela Fundação possam ser beneficiados com esta nova forma de repasse.

Facebook
Twitter
Voltar