Voltar
Publicado em: 22/02/2017 às 11:11

SBPC e ABC pedem que governador da Bahia restabeleça finanças da Fapesb

Por: Ascom/Fapesb

Em carta enviada a Rui Costa, entidades alertam que problemas em repasses para Fundação de Amparo compromete atividades e projetos em universidades estaduais

painel-academico-sbpc-e-abc-pedem-que-governador-restabeleca-financas-da-fapesb

A SBPC (Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência) e a ABC (Academia Brasileira de Ciências) enviaram carta ao governador do Estado da Bahia, Rui Costa (PT), alertando para a situação financeira crítica da Fapesb (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia). Segundo o texto, as entidades apuraram que desde o ano de 2015, a Fundação está cumprindo seus compromissos apenas com o pagamento de bolsas e que todos os demais projetos e auxílios à pesquisa estão sem repasses.

SBPC e ABC afirmam que as atividades científicas estão sendo comprometidas em todas as universidades do Estado, com a paralisação de projetos que desenvolvidos ao longo de anos. As entidades pedem que a situação financeira da Fapesb seja devolvida para “que a Bahia preserve sua infraestrutura de pesquisa e continue a elevar o padrão de sua produção científica e tecnológica”. Leia abaixo a carta na íntegra:Senhor Governador,O que nos traz aqui a Vossa Excelência é a crítica situação financeira da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (FAPESB).Conforme pudemos apurar, desde o ano de 2015 a FAPESB vem arcando seus compromissos somente com o pagamento de bolsas – ou seja, todos os demais projetos e auxílios à pesquisa estão sem repasses. Com isso, as atividades científicas estão sendo comprometidas em todas universidades do Estado, com a paralização – e, em muitos casos, perda – de projetos que vêm sendo desenvolvidos ao longo de anos.A situação já chegou a tal gravidade que a FAPESB se tornou inadimplente com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o que a impede de receber aportes federais a exemplo do que ocorreu recentemente com os recursos da repatriação destinados a atividades de ciência, tecnologia e inovação.Senhor Governador, essa situação não pode perdurar. Os avanços e o reconhecimento que a comunidade científica da Bahia alcançou nos últimos anos se deveram enormemente à existência da FAPESB e de seus programas de bolsas e de auxílio à pesquisa. Esses avanços podem ficar totalmente comprometidos diante das restrições financeiras impostas à FAPESB desde 2015.Assim sendo, vimos clamar a Vossa Excelência que, em caráter de urgência, seja devolvida à FAPESB a indispensável condição financeira para que a Bahia preserve sua infraestrutura de pesquisa e continue a elevar o padrão de sua produção científica e tecnológica.Agradecemos a atenção de Vossa Excelência, contamos com a vossa compreensão e nos dispomos a colaborar no que estiver ao nosso alcance.

 

Fonte: Painel Acadêmico

Link: http://painelacademico.uol.com.br/painel-academico/8526-sbpc-e-abc-pedem-que-governador-da-bahia-restabeleca-financas-da-fapesb#

Facebook
Twitter
Voltar